domingo, 16 de novembro de 2008

Construção

Olho para dentro de mim e vejo um terreno em obras. Concreto, entulhos e poeira pelo caminho. Desconstruir para construir...

Imagem
(Beto Tavares)

Pedaços em barro, cacos, retalhos
Restos de coração quebrado
Minha vida nas mãos do oleiro
Matéria-prima do seu trabalho
Mãos do artista dedicado
Que me toca e me faz inteiro

Como é incrível, me sinto amado
Tão aceito ao estar ao seu lado
Vem me dar outra chance
Me transforma, me refaz

Estou aqui, outra vez
Só em você eu encontro o meu destino
Foi você quem me fez
Preciso do seu conselho, do seu ensino
Diante de você me sinto
Como um menino

Eu me encontro quando te encontro
Sou restaurado lentamente
Minha imagem à sua imagem
Sou seu filho e quero estar pronto
Ser trabalhado constantemente
Como barro numa moldagem

De repente eu sou vaso novo
Seu sangue, sua carne, seu povo
Sua identidade, seu fruto, seu gozo

Os seus sonhos pra mim
Planos de paz pra me dar um novo futuro
Seu amor não tem fim
Com você andarei e estarei seguro

Vem me encher, transbordar
Com seu óleo puro

2 comentários:

ISADORA disse...

Priscila como é lindo esse texto representa tudo que estou vivendo neste momento de tanta dor e angustia, onde preciso, ser restaurada, por estou em cacos, em mim só resta, poeira e restos de construção....

Amanda C. disse...

Olá, priscila tudo bem?

Eu tinha uma fita com essa música, mas eu gostaria de comprar esse CD. Entrei em contato com Beto Tavares mas este CD não está mais sendo publicado. Ele me autorizou fazer uma cópia, você por acaso não teria esse Cd terai?!!